top of page

F1 ACADEMY: brasileira Aurélia Nobels estreia neste sábado

Primeira etapa do campeonato feminino ocorre neste fim de semana em Jeddah, na Arábia Saudita


Escrito por Eduarda Gouvêa

Revisado por Isadora Guerra


f1 academy aurélia nobels
Primeira das seis etapas do campeonato ocorre em Jeddah, na Arábia Saudita, junto à F1. Fonte: f1academy.com

A espera acabou: vai ter brazuca estreando na F1 Academy neste sábado (09/03). Logo no segundo ano da categoria feminina de monopostos, a jovem Aurélia Nobels (ART Grand Prix) entra para o hall de pilotos como a brasileira pioneira nesta competição. A corrida principal ocorre sábado, às 9h, em Jeddah, na Arábia Saudita (junto às atividades da F2 e da F1). São cinco equipes: ART Grand Prix, Campos Racing, Rodin Motorsport, MP Motorsport e Prema. Cada time tem três pilotos, totalizando 15 competidoras. 


Elas percorrerão 7 circuitos, em 7 países diferentes e disputarão ao todo 14 corridas (2 por etapa). Para 2024 a categoria passará pela Arábia Saudita, Estados Unidos, Espanha, Holanda, Singapura, Catar e Abu Dhabi. O final de semana da categoria, que será dividido em 3 dias, iniciará com uma sessão de treinos livres e em seguida uma sessão de classificação. No dia seguinte ocorre a corrida 1 e no dia posterior a Corrida 2. Em Jeddah, a Band.com.br e o Bandplay transmitem a corrida 1 da categoria feminina na sexta-feira (08/03), às 9h, e a corrida 2 no sábado (09/03), também às 9h. No streaming, a F1TV cobre todas as atividades.


Segundo ano

f1 academy aurélia nobels
Brasileira da Ferrari estreia no grid da F1 Academy pela ART Grand Prix. Fonte: f1academy.com

A F1 Academy tem Susie Wolff como diretora. Ela é ex-piloto e ex-chefe de equipe da Venturi na Fórmula E e uma das principais incentivadoras da presença feminina no automobilismo. A categoria, formada unicamente por mulheres, está apenas no seu segundo ano de atividades. 


O carro da F1 Academy é fabricado pela Tatuus (Tatuus T421), montadora italiana que usará como modelo os chassis da Fórmula 4. A Pirelli é a fornecedora de pneus da categoria, assim como acontece na F1. Os veículos podem chegar a até 240 km/h, e ainda contam com o halo, equipamento de proteção frontal que também é utilizado na Fórmula 1.


Em 2024, mudanças significativas no formato da categoria foram implementadas. Devido ao compartilhamento das etapas com a Fórmula 1 e outras categorias de base, a organização achou necessário reduzir a quantidade de sessões e o tempo de pista para das pilotos. Em 2023, cada etapa consistia em dois treinos livres, duas sessões de classificação e três corridas. Porém, em 2024 haverá apenas um treino livre, uma sessão de classificação e duas corridas, o que totaliza uma redução de 21 para 14 provas.


Serão oferecidos pontos na qualificação, sendo que as pilotos que conquistarem a pole position nas corridas 1 e 2 receberão dois pontos. Ambas as corridas distribuem pontos iguais, com os 10 primeiros classificados recebendo 25, 18, 15, 12, 10, 8, 6, 4, 2 e 1 pontos, respectivamente. Além disso, será atribuído um ponto ao piloto que obtiver o tempo de volta válido mais rápido em cada corrida, desde que termine entre os 10 primeiros na classificação final.


F1 Academy: quem é Aurélia Nobels

f1 academy aurélia nobels
Aurélia é a primeira mulher a fazer parte, desde 2019, da Academia de Pilotos Shell Racing. Fonte: f1academy.com

Filha de pais belgas, ela nasceu em Boston (Estados Unidos), mas morou em São Paulo desde os seus três anos de idade. Sua jornada começou com a paixão pelo esporte e incentivo do pai, ingressando no kart aos 10 anos. Ao longo de cinco anos ela acumulou conquistas no Brasil e competiu em etapas do Campeonato Europeu de Kart e do Mundial de Kart. No seu último ano na categoria, alcançou o quarto lugar na disputa nacional. 


Aos 17 anos, Aurélia é a primeira mulher a fazer parte, desde 2019, da Academia de Pilotos Shell Racing, a única representante feminina do grid da F4 Brasil e a primeira a participar da inédita categoria de formação de jovens pilotos. Ela já superou 16 competidoras de todo o mundo em uma seletiva realizada em Maranello, na sede da Ferrari, além de participar de testes de pista em Paul Ricard, na França, onde venceu o programa global “Girls on Track Rising Stars”, da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), em 2022.


Como prêmio, Nobels passou a fazer parte da Ferrari Driver Academy e da equipe Prema Racing, tornando-se a piloto mais jovem no grid da F1 Academy, competindo ao lado de grandes nomes do automobilismo mundial. Em 2023, na Fórmula 4 Italiana, Aurélia obteve oito vitórias em 17 corridas disputadas. Na classificação geral, ela terminou o campeonato na 25ª posição. Boa sorte, garota!


f1 academy aurélia nobels
Aurélia (esquerda) tem como companheiras de equipe Bianca Bustamante e Lia Block. Fonte: f1academy.com

Fontes


ความคิดเห็น


Se inscreva para não perder nada!

Seja bem-vinda(o) ao mundo do Mulheres no Paddock! Obrigada por se inscrever!

bottom of page