top of page

GP da Arábia Saudita: curiosidades e números sobre a segunda etapa de 2024

Prova ocorre em Jeddah neste sábado, 09/03, também em função do Ramadã


Escrito por Isadora Guerra


GP Arábia Saudita 2024
Jeddah é o circuito de rua mais rápido da história da F1. Fonte: f1.com

Vem aí a segunda etapa da temporada da Fórmula 1! O GP da Arábia Saudita de 2024 ocorre neste fim de semana (07 a 09 de março), no sábado, por conta do Ramadã (assim como a prova do Bahrein). A programação já inicia na quinta-feira (07/03) com os treinos livres 1 e 2 às 10h30 e 14h, respectivamente, com transmissão no BandSports e F1 TV. Na sexta (08/03) tem o treino livre 3, às 10h30, e a qualificação às 14h, também com transmissão no BandSports, F1 TV e a qualificação na Band. E, por fim, no sábado (09/03) a corrida inicia às 14h (todos horários de Brasília) com transmissão na Band e na F1 TV.


Um pouco de história

GP Arábia Saudita 2024
A pista fica em uma área de resort à beira do Mar Vermelho, a 30 km da antiga cidade de Jeddah. Fonte: Divulgação/Clube JYC

O Jeddah Corniche Circuit é um circuito de rua temporário (embora tenha algumas seções permanentes), localizado na Corniche, uma área de resort costeira de 30 km da antiga cidade de Jeddah, na Arábia Saudita, próximo ao Mar Vermelho. Foi projetado pelo alemão Hermann Tilke junto à F1. O circuito é tido como um dos projetos mais ambiciosos de Tilke, uma vez que foi criado e montado em tempo recorde. Em menos de um ano, o arquiteto de circuitos Carsten Tilke completou o desafio de desenvolver e construir um circuito único de Fórmula 1, em um país onde a principal categoria do automobilismo mundial nunca havia corrido antes. Resultado: circuito de rua mais rápido da história.


O primeiro Grande Prêmio da Arábia Saudita ocorreu em 2021, no dia 5 de dezembro. A corrida se juntou às demais do Oriente Médio (Bahrein e Abu Dhabi) e também ocorreu (e ainda ocorre) à noite sob holofotes. Porém, de um ano para outro, algumas mudanças importantes tiveram que ser feitas. Por conta da falta de visibilidade e segurança no apertado complexo das curvas 2 e 3, onde uma batida levou a uma das bandeiras vermelhas no ano de 2021, as barreiras no lado esquerdo foram recuadas. Algo similar foi feito nas curvas 14 e 21, buscando melhorar o campo de visão, enquanto uma superfície mais macia foi colocada nas barreiras, permitindo que os carros possam ir mais ao limite no local. A pista também foi expandida para 12m na curva final, contra os 10,5m de 2021.


O circuito

GP Arábia Saudita 2024
Jeddah é um dos maiores traçados da temporada, atrás apenas de Spa e de Las Vegas. Fonte: f1.com

Localizado ao longo do pitoresco Mar Vermelho, o Circuito de Jeddah é conhecido por sua velocidade vertiginosa e combinação única de curvas técnicas, desafiando os pilotos a cada metro. Este traçado é o mais rápido do calendário da F1 e testa os limites dos carros e a habilidade dos pilotos. Também é um dos maiores traçados da temporada, atrás apenas de Spa-Francorchamps, que tem 7,004km, e de Las Vegas, com 6,2km. 


Tamanho da pista: 6.174km

Número de voltas: 50

Distância total: 308.4km

Curvas: 27

Última pole: 1:28.265 – Sergio Perez (2023)

Recorde de volta (corrida): 1:30.734 – Lewis Hamilton (2021)

Velocidade máxima: 336km/h

Aceleração plena: 80%

Perda de tempo no pit lane: 17s

DRS: 3 zonas

DRS 1: detecção depois da 17 e ativação depois da curva 19

DRS 2: detecção antes da curva 22 e ativação após a curva 24

DRS 3: detecção depois da curva 27 e ativação na reta dos boxes até a curva 1

Pneus disponíveis: C2 (duros), C3 (médios) e C4 (macios)


GP Arábia Saudita 2024
A pista também apresenta o maior número de curvas do ano com 27, muitas delas rápidas e sinuosas. Fonte: f1.com

O circuito é veloz. As velocidades médias chegam a cerca de 250km/h, mais rápidas do que as de Silverstone. Jeddah é a segunda mais rápida do calendário, perdendo apenas para Monza, conhecida como “O Templo da Velocidade”. A pista também apresenta o maior número de curvas do calendário com 27, muitas delas rápidas e sinuosas. A curva 2 é a mais lenta, feita a cerca de 85 km/h, enquanto as mais velozes são as curvas 21 e 26 (localizadas em retas que incluem zonas de DRS), feitas a 315 km/h.


Num nível de 1 a 5 a pista de Jeddah tem uma abrasividade 2, ou seja, é muito mais lisa que o Bahrain, que tem abrasividade 4. A Pirelli levará uma gama mais macias de pneus e isso proporcionará estratégias mais agressivas para carros que cuidam bem dos pneus. Outro desafio é a força g, já que o nível de downforce é 06 de 10. O clima também é desafiador. A previsão do tempo indica temperaturas muito mais altas, ultrapassando 30°C durante o dia e 25°C após o pôr do sol, durante todo o fim de semana. Isso significa que será necessário ainda mais resfriamento nas unidades de potência para conseguir um bom resultado.


Curiosidades

GP Arábia Saudita 2024
Distância entre a largada e a primeira freada, na curva 1, é relativamente pequena: apenas 220m. Fonte: Motorsport
  • O Safety Car esteve presente nas três corridas disputadas nesta pista

  • Jeddah é o traçado de rua mais veloz presente no calendário

  • 79% da volta é realizada em aceleração plena

  • Circuito de Jeddah é o terceiro traçado mais longo do calendário (perdendo apenas para Spa-Francorchamps e Las Vegas)

  • O asfalto é novo e pouco abrasivo e os times também vão lidar com a baixa aderência por conta da areia que é soprada para dentro do traçado

  • Hamilton, Verstappen e Perez contam com uma vitória cada

  • O TL2 é a sessão mais importante, pois ela acontece no mesmo horário das atividades principais do fim de semana

  • O GP da Arábia Saudita é uma corrida noturna;

  • A distância entre a largada e a primeira freada, na curva 1, é relativamente pequena: apenas 220 metros

  • O circuito tem 27 curvas, sendo 16 à esquerda e 11 à direita

  • A curva 13, um hairpin, tem inclinação de 12°, sete a menos que em Zandvoort (Holanda)

  • 3.300 blocos de concreto foram usados nos muros que rodeiam o circuito, além de 3 mil barreiras tecpro para amortecer impactos e 13 km de cercas de proteção

  • 37 mil toneladas de asfalto foram usadas por uma equipe de 1.250 pessoas para concluir o Jeddah Corniche Circuit

  • Mais de 20 mil metros de cabos elétricos foram usados para a iluminação da pista, que tem intensidade de 1.500 lux, duas vezes mais que um estádio de futebol

  • Lewis hamilton venceu sua última corrida na Fórmula 1 até agora justamente na Arábia Saudita ainda em 2021


Como foi em 2023

GP Arábia Saudita 2024
Perez venceu Max e Fernando Alonso marcou seu 100º pódio na corrida de 2023. Fonte: CNN

Sergio Perez converteu a pole position em vitória no GP do ano passado, com o companheiro de equipe Max Verstappen se recuperando da P15 para fazer uma dobradinha consecutiva para a Red Bull. Fernando Alonso colocou sua Aston Martin no pódio pela segunda corrida consecutiva, mas foi destituído do P3 por conta de uma punição. No entanto, a decisão foi revista pelos comissários e o espanhol acabou ficando com a P3. 


BÔNUS: NOVA PISTA EM BREVE

A Arábia Saudita anunciou oficialmente nesta terça-feira, 5, os detalhes do novo circuito que deve receber a Fórmula 1 a partir de 2028. A Companhia de Investimentos Qiddiya (QIC) mostrou o ousado projeto da pista Speed Park, que vai substituir o circuito Jeddah-Corniche no futuro.


O traçado de sentido anti-horário foi desenhado pelo ex-piloto da F1 Alex Wurz e pelo arquiteto alemão Hermann Tilke. A pista conta com 21 curvas e tem como grande atração a curva 1, chamada de "Blade", com uma elevação de 70 metros, equivalente a um prédio de 20 andares. A pista ficará localizada em Qiddiya, uma nova cidade projetada dentro do projeto Saudi Vision 2030, que mira a modernização do país. A ideia dos organizadores é receber no local os mais importantes eventos do automobilismo.


GP Arábia Saudita 2024
Traçado de sentido anti-horário foi desenhado por Alex Wurz e Herman Tilke. Fonte: Divulgação/QIC

Fontes


Comentarios


Se inscreva para não perder nada!

Seja bem-vinda(o) ao mundo do Mulheres no Paddock! Obrigada por se inscrever!

bottom of page