top of page

Highlights: GP da Austrália 2024

RBR de Max quebra e Carlos Sainz comanda dobradinha da Ferrari com Norris em P3


Escrito por Isadora Guerra


A LARGADA

Highlights GP Austrália 2024
Max Verstappen largou em primeiro no GP da Austrália seguido por Carlos Sainz. Fonte: Getty Images

Max Verstappen segurou a liderança mesmo com a ameaça da Ferrari de Carlos Sainz logo atrás. O tricampeão impediu que o espanhol tentasse a sorte de conseguir a ultrapassagem na primeira volta. Se a RBR ficou contente na liderança com o holandês, Pérez não deu a mesma alegria. O mexicano foi ultrapassado por George Russell. No entanto, não deu para Verstappen manter Sainz na segunda colocação. O espanhol passou o rival da RBR por fora na curva 9 e abriu meio segundo de vantagem ao assumir a liderança em Albert Park. De resto, uma largada limpa e comportada.


RBR DE MAX QUEBROU

Enquanto buscava Sainz, Verstappen relatou pelo rádio que simplesmente perdeu a direção do carro, mas não sabia o motivo. Pouco depois, ele afirmou que a traseira do carro estava instável. Não demorou muito para ele despencar no grid e perder velocidade. Ele foi direto para os boxes, teve fogo na traseira do carro, pneu estourado e até extintores na chegada. Com isso, o top 3 passou a ser formado por Sainz, Lando Norris e Charles Leclerc.


Highlights GP Austrália 2024
Esse foi o primeiro abandono de Max desde o GP da Austrália de 2022. Fonte: Getty Images

Esse foi o primeiro abandono de Max desde o GP da Austrália de 2022, causado por um vazamento de óleo em seu motor, que encerrou uma sequência de nove vitórias consecutivas do holandês, considerando os GPs de 2024 e os últimos de 2023 (desde o Japão, primeira vitória do tricampeão). O último piloto a vencer sem ser o holandês havia sido justamente Carlos Sainz, no GP de Singapura de 2023.


HAMILTON FORA

No pelotão do meio quem sofreu foi Lewis Hamilton. Largando em P11, a corrida durou apenas 17 voltas para ele, que abandonou por problemas no motor. O heptacampeão surgiu lento na pista, aparentemente com problemas no motor, e se viu obrigado a deixar a disputa. Lewis ainda conseguiu parar o carro perto de uma agulha, ponto do circuito que impediu a entrada do Safety Car. A última quebra do britânico aconteceu no GP de Abu Dhabi de 2022. No Catar, no ano passado, o abandono de Hamilton foi causado por uma colisão ainda na largada. Curiosidade: essa foi a primeira vez que Lewis e Max abandonaram a mesma corrida desde o GP da Itália de 2021, quando os dois se chocaram e deixaram a prova. Na ocasião, o carro da RBR chegou a subir na Mercedes do britânico.


Highlights GP Austrália 2024
Corrida durou apenas 17 voltas para Lewis, que abandonou por problemas no motor. Fonte: f1.com

LUTA PELA VITÓRIA

Depois dos dois abandonos, a corrida seguiu um tanto quanto previsível. Sainz mantinha a ponta, Leclerc já tinha conseguido a P2 e Oscar Piastri estava em 3º. Na volta 30, a McLaren pediu que ele invertesse posições com Norris, mais rápido que ele. O australiano concordou e cedeu a última vaga no pódio para o companheiro de equipe, que não saiu mais de lá e ficou com a terceira colocação.


Já Sergio Perez, que havia sido punido com a perda de três posições no grid, saiu em busca de escalar o pelotão. O mexicano chegou a ultrapassar Russell e Fernando Alonso para tentar se aproximar dos dois carros da McLaren. No entanto, o baixo desempenho da RBR e a pilotagem discreta dele dificultaram as coisas. Checo chegou apenas em P5, mais de 50 segundos atrás do vencedor da prova. Sem as RBR para brigar, ficou mais fácil para a Ferrari colocar e manter Sainz e Leclerc nas duas primeiras colocações.


VAMOS, CARLOS!

Para quem imaginava um Sainz debilitado depois da retirada do apêndice, o choque foi total. O espanhol parecia inteiro, teve performance brilhante desde a classificação e dominou o fim de semana na Austrália. Vale lembrar que Sainz havia ficado fora do GP da Arábia Saudita, duas semanas antes, para passar por uma cirurgia em decorrência de uma apendicite. Em recuperação, virou dúvida para a prova em Melbourne. Mas conseguiu correr, largou em segundo e simplesmente venceu a prova, praticamente de ponta a ponta. E ainda foi eleito piloto do dia pela votação popular no site da F1.


Highlights GP Austrália 2024
Sainz aconselhou os pilotos a tirarem o apêndice para ter mais performance. Fonte: Carlos Sainz no Instagram

O resultado deste domingo colocou Sainz em uma posição mais alta na tabela. Com a vitória em Melbourne ele soma mais 25 pontos e chega aos 40, na quarta colocação do mundial. Leclerc, porém, segue na frente do companheiro de equipe mesmo chegando em segundo na Austrália: com 47 pontos, ele assume a vice-liderança da Fórmula 1. Completando as dez primeiras posições da corrida, Piastri foi o quarto, seguido de Perez, Lance Stroll, Yuki Tsunoda, Alonso e os dois pilotos da Hass, Nico e Kevin. O ponto extra da melhor volta foi para Charles Leclerc. 


RUSSELL vs ALONSO

A primeira dobradinha da Ferrari desde o GP do Bahrein de 2022 terminou com o Safety Car virtual por uma batida de George Russell. Um acidente na última volta tirou o britânico da disputa de pontos. O piloto da Mercedes brigava com Alonso pela P6 e já o vinha perseguindo a algumas voltas. De repente, passou reto na curva 6, bateu forte e parou de cabeça para baixo, atravessado na pista. O britânico conseguiu sair do carro em segurança e foi levado para fazer alguns exames. Liberado, mostrou-se surpreso com a repentina desaceleração do carro de Alonso naquele momento.


Highlights GP Austrália 2024
Russell bateu forte e parou de cabeça para baixo, atravessado na pista, na última volta. Fonte: f1.com

Depois da corrida, os comissários da prova anunciaram uma investigação envolvendo os dois pilotos. No fim, Alonso foi considerado culpado pela colisão e levou 20 segundos de punição, caindo do sexto para o oitavo lugar. Segundo a FIA, no caminho para a curva 6 Alonso teria reduzido a velocidade de forma mais acentuada do que o habitual, o que teria surpreendido Russell, causando uma aproximação rápida e resultando na perda de controle e colisão do piloto da Mercedes contra as barreiras de proteção.


A investigação ainda revelou que Alonso levantou o pé do acelerador “um pouco mais de 100 metros antes” ao se aproximar da curva 6 na última volta, comparado com o restante da corrida, além de aplicar uma frenagem adicional em um ponto da curva onde não havia freado antes, o que foi considerado pelos comissários como um comportamento “potencialmente perigoso”. Alonso sendo Alonso.


ASCENSÃO DA HAAS

Highlights GP Austrália 2024
Comemoração da Haas após pontuação dupla em Melbourne. Fonte: Nico Hulkenberg no Instagram

A Haas pontuou com os dois carros: Nico Hulkenberg foi nono, enquanto Kevin Magnussen foi o décimo. Foi a primeira vez desde julho de 2022 que o time norte-americano somou pontos com os dois pilotos em uma mesma prova. Na ocasião, Mick Schumacher havia sido o sexto no GP da Áustria, com Kevin Magnussen em oitavo. Na Austrália, Hulkenberg largou na 16ª posição e contou com uma estratégia certeira de paradas para entrar na briga por uma vaga entre os 10 primeiros. Já Magnussen saiu do 14º lugar e acabou se beneficiando do acidente de George Russell na última volta.


Porém, a conquista foi um pouco ofuscada pela ótima performance de Tsunoda, que terminou em sétimo. O japonês levou seis pontos para casa e abriu caminho de verdade para a Racing Bulls ficar longe da última colocação do mundial de construtores. O cenário só não é mais animador porque Daniel Ricciardo segue em péssima fase e não trouxe pontos para a equipe ainda. Ao contrário da Haas: são quatro pontos para os americanos conquistados em duas etapas diferentes. Na luta e no jogo de equipe. Ricciardo que se acorde, pois Liam Lawson está doido para assumir seu lugar.


CADÊ O SARGEANT?

Highlights GP Austrália 2024
Albon bateu forte no TL 1 e, sem chassis reserva, correu com o carro de Logan, que ficou fora. Fonte: Getty Images

Se a situação de Logan Sargeant já não era das melhores (mesmo com a renovação de contrato para 2024) na Williams, depois da Austrália ficou ainda pior. A equipe decidiu tirar o americano da programação do GP após o segundo treino livre. Isso porque Alexander Albon bateu forte no primeiro TL, ainda na sexta-feira (22/03). Diante dos danos no carro e sem um chassi reserva, a Williams não teve condições de colocar Albon na pista no segundo treino. James Vowles, chefe da equipe, determinou então que Logan cedesse seu carro para que Albon disputasse o restante da programação. Mas a estratégia não foi muito eficaz não. Alex largou em 12º, chegou em P11 e não conseguiu os pontos que Vowles tanto queria. Já Sargeant declarou que foi um dos piores dias de sua vida. A situação segue horrível na escuderia, que está zerada em pontos nesta temporada.


GP DA AUSTRÁLIA EM NÚMEROS

Highlights GP Austrália 2024
Esta foi a primeira dobradinha da Ferrari em Melbourne após exatos 20 anos. Fonte: Getty Images

E para terminar o Highlights do GP da Austrália 2024 seguem alguns números:


• A única dobradinha anterior da Ferrari nesta década foi o Grande Prêmio do Bahrein de 2022, onde Leclerc venceu Sainz.

• A Ferrari marcou apenas quatro dobradinhas nos últimos 14 anos.

• Sainz e Verstappen continuam a ser os únicos vencedores de corridas nos últimos 11 meses.

• Esta foi a terceira vitória de Sainz na carreira e a primeira sem largar da pole position.

• A vitória de Sainz foi a 10ª da Ferrari em Albert Park, eles já eram a equipe de maior sucesso nesta pista.

• Sainz é considerado o primeiro piloto a vencer no regresso de uma lesão/ausência médica desde Gerhard Berger, no GP da Alemanha de 1997.

• Com o P2, Leclerc igualou a sua melhor sequência de pontuação em 12 corridas consecutivas.

• Leclerc terminou no pódio em cinco das últimas seis corridas.

• Esta foi a primeira dobradinha da Ferrari em Melbourne após exatos 20 anos, Michael Schumacher e Rubens Barrichello fizeram isso em 2004.

• Todos os anos em que uma equipa termina a dobradinha no GP da Austrália, essa equipe vence ambos os campeonatos (a última vez foi a Mercedes em 2019).

• Se a Ferrari tivesse trocado de piloto, Leclerc estaria liderando o campeonato mundial (ele e a Ferrari estão a quatro pontos da liderança em ambos os campeonatos).

• O P3 de Lando Norris foi o primeiro pódio da McLaren em Melbourne em 10 anos (Kevin Magnussen terminou em P2, com Jenson Button em P3 em 2014).

• Norris tem agora 14 pódios na carreira, superando o recorde de Nick Heidfeld de maior número de pódios sem nunca vencer.

• O P4 de Oscar Piastri na McLaren igualou o melhor resultado da história para um australiano num GP em casa (Mark Webber foi quarto em 2012 e Daniel Ricciardo ficou em P4 em 2016 e 2018).

• O quinto lugar de Sergio Perez pela Red Bull igualou o resultado obtido na mesma corrida no ano passado.

• Fernando Alonso chegou em 8º lugar pela Aston Martin e marcou pontos em todas as corridas deste ano.

• Com 7º para RB, Yuki Tsunoda empatou seu melhor resultado em 2023.

• Sem George Russell nem Lewis Hamilton, a Mercedes encerrou uma sequência de 62 pontuações consecutivas.

• O último fracasso da Mercedes em somar pontos foi no Azerbaijão em 2021.

• Nico Hulkenberg foi P9 pela Haas e já marcou nas últimas quatro participações no GP da Austrália.

• Hulkenberg marcou em duas corridas consecutivas depois de 20 corridas sem pontuar.

• Daniel Ricciardo terminou a corrida em casa em P12 pela RB, seu melhor resultado em 2024.

• O abandono de Verstappen encerrou uma sequência de nove vitórias consecutivas e outra de 43 corridas consecutivas sem quebrar para o campeão mundial, cuja última retirada foi na Austrália em 2022.


E AGORA?

A Fórmula 1 volta às pistas com o Grande Prêmio do Japão. A quarta etapa da temporada acontece em Suzuka nos dias 5, 6 e 7 de abril. Vem aí mais uma corrida de madrugada para desespero dos brasileiros!


Fontes

コメント


Se inscreva para não perder nada!

Seja bem-vinda(o) ao mundo do Mulheres no Paddock! Obrigada por se inscrever!

bottom of page