top of page

Highlights: Monza GP

Atualizado: 16 de jan.

Escrito por Isadora Guerra


TSUNODA NEM LARGOU

Highlights: Monza GP

Fonte: f1.com


A prova teve problemas antes mesmo de começar: Yuki Tsunoda, que largaria em 11º, parou no gramado após a curva Arboreto, antiga Parabólica, com pane no motor de sua AlphaTauri. A bandeira amarela foi mostrada para que o carro fosse retirado e, por conta de um problema com o sistema eletrônico das luzes de largada, a ação foi abortada e postergada por 23 minutos. De 53 voltas, a corrida foi reduzida para 51.


NOVO MINISTRO DA DEFESA

Highlights: Monza GP

Fonte: f1.com


Largando na pole, Carlos Sainz conseguiu sustentar a primeira posição e se defender de Max Verstappen por 15 longas voltas. Eles travaram batalhas acirradas, mas na volta 15, enfim, Max conseguiu. A manobra que valeu a liderança da prova ocorreu quando Sainz travou os pneus na entrada da primeira curva, facilitando para o bicampeão fazer a Curva Grande por fora e cercar o ferrarista. Os dois chegaram a ficar lado a lado, separados por poucos centímetros. Sainz, entretanto, não conseguiu evitar a manobra de Verstappen na Curve di Lesmo.

Highlights: Monza GP

Fonte: f1.com


RED BULL VS. FERRARI

Após a chuva de pitstops com trocas de pneus médios para duros e de duros para médios (dependendo da estratégia inicial das equipes) entre as voltas 20 e 25, Sergio Perez começou a escalar o pelotão até pressionar Sainz pela vice-liderança, com 10 voltas para o final. O espanhol vendeu caro o segundo lugar no pódio. O mexicano conseguiu passar na 45, porém, saiu da pista e precisou devolver a posição que inevitavelmente tomaria, do jeito certo, na volta 46.


O ferrarista se manteve firme, mas lá veio o problema crônico dos Tifosi. À medida que os pneus de Sainz se desgastavam no final da corrida, ele passou a ser pressionado por seu companheiro de equipe, Charles Leclerc. Uma emocionante batalha pelo pódio marcou as últimas voltas. E, mais uma vez, Sainz conseguiu se defender de maneira leal e no braço, deixando Leclerc na 4ª posição. Literalmente, merecia o cargo de Ministro da Defesa da Itália.

Highlights: Monza GP

Fonte: f1.com


ALBON É UMA LENDA

Highlights: Monza GP

Fonte: f1.com


Entre os nomes que largaram e chegaram no top 10, mais uma vez destaca-se Alexander Albon, carregando a Williams nas costas. O tailandês saiu em sexto e chegou em sétimo, marcando valiosos pontos. Albon teve a McLaren de Lando Norris no retrovisor durante a maior parte da prova em Monza, mas fez todos os esforços para manter seu rival longe. Embora tenha perdido uma posição com Lewis Hamilton conseguindo chegar à frente no final, o jovem piloto ainda igualou seu melhor resultado da temporada, que foi no Canadá.


PIASTRI X HAMILTON

Highlights: Monza GP

Fonte: Getty Images


Lewis Hamilton, que fez 28 voltas com os pneus duros e depois os substituiu por médios, passou algum tempo em nono lugar até colar em Oscar Piastri, na volta 40. Em seguida, porém, o heptacampeão bateu no calouro da McLaren na curva Roggia e foi punido em 5 segundos. O inglês forçou um acidente desnecessário que quebrou a asa dianteira do piloto australiano, que teve de ir aos boxes para trocar a asa. Depois do pit, Piastri ainda fez a melhor volta, mas como terminou na 11ª colocação, não embolsou o ponto extra.


Ao final da corrida, o piloto da Mercedes rapidamente pediu desculpas ao rival da McLaren, assumindo toda a culpa pelo confronto nos momentos finais da corrida. Lewis terminou em sexto, atrás de seu companheiro de equipe, George Russell, e a 42 segundos de Max Verstappen.


ALGUÉM VIU O ALONSO?

A Aston Martin definitivamente não teve ritmo em Monza. Fernando Alonso largou em 10º e terminou em 9º. E foi só isso.

Highlights: Monza GP

Fonte: Getty Images


MAX E OS RECORDES

Highlights: Monza GP

Fonte: Getty Images


Com a vitória no GP da Itália em Monza, o holandês chegou ao seu décimo triunfo consecutivo, superando o recorde de Sebastian Vettel, que Max havia igualado na semana passada. Com o triunfo, Verstappen dispara ainda mais na liderança do campeonato com 364 pontos, abrindo 145 sobre Perez. Alonso permanece em terceiro, mas vê Hamilton se aproximar, a seis pontos dele na tabela. A Red Bull agora anota 583 pontos no Mundial de Construtores, seguida pela Mercedes, mas uma nova terceira força: a Ferrari, que ultrapassou a Aston Martin com 228 pontos contra 217 da rival.


Highlights: Monza GP

Fonte: f1.com

Comments


Se inscreva para não perder nada!

Seja bem-vinda(o) ao mundo do Mulheres no Paddock! Obrigada por se inscrever!

bottom of page