top of page

Resumão da pré-temporada 2024: Ferrari domina testes no Bahrein

Mesmo assim, Red Bull mantém carro em alto nível com Verstappen e Perez a um passo à frente dos demais


Escrito por Isadora Guerra


pré-temporada 2024
Pilotos até treinaram uma simulação de largada durante os testes. Fonte: f1.com

Chega de saudades da Fórmula 1! Finalmente os carros foram para a pista no Bahrein, no Circuito de Sakhir, para realizar os testes da pré-temporada de 2024. Foram três dias de pelo menos 8h de trabalho para os pilotos, que se revezaram em um carro por equipe. Destaque para a Ferrari, que foi mais rápida no segundo e no terceiro dia. Já Max Verstappen dominou o primeiro dia de treinos, mostrando que o RB20 também vem forte. Confira a seguir um breve resumo do que aconteceu nesta quarta, quinta e sexta-feira (21, 22 e 23/02).


Max Verstappen domina o primeiro dia

pré-temporada 2024
Max Verstappen nos testes de pré-temporada da F1 em 2024, no Circuito de Sakhir no Bahrein. Fonte: Hasan Bratic/Getty Images

O holandês segue com tudo, assim como ano passado. O tricampeão liderou o primeiro dia de testes no Bahrein, desbancando Lando Norris, da McLaren, e Carlos Sainz, da Ferrari. Max foi o primeiro a quebrar a barreira das 100 voltas em Sakhir e fez o tempo de 1m31s344 de pneus médios. Também desbancado pelo piloto da RBR, Fernando Alonso figurou como o mais rápido de manhã, mas terminou o dia na sétima colocação, cedendo o carro da Aston Martin de tarde para Lance Stroll.


Destaque para a Stake (Sauber), que fez a frente do pelotão intermediário com Valtteri Bottas. Daniel Ricciardo também surpreendeu, garantindo o quarto melhor tempo do dia com a Racing Bulls (antiga Alpha Tauri). Já Esteban Ocon escapou em uma das curvas a bordo do A524, mas sem causar danos substanciais. Quem sofreu mesmo foi a Williams: Alex Albon teve problemas na bomba de combustível e Logan Sargeant teve uma falha no eixo de transmissão. Ambos chegaram a parar na pista e Albon causou a única bandeira amarela do dia. A equipe britânica encerrou suas atividades 1h25 antes da bandeirada final. O trecho entre as curvas 8 e 10 deu trabalho a alguns pilotos: Sargeant, Ricciardo e George Russell travaram os pneus e chegaram a dar uma leve escapada do traçado, embora sem maiores consequências.


pré-temporada 2024
Norris utilizou um capacete com a pintura usada por Gil de Ferran na conquista da Indy 500. Fonte: @LandoNorris no Instagram

Por fim, Lando Norris deu um show de empatia. O piloto decidiu homenagear Gil de Ferran na pista. O britânico utilizou um capacete com a pintura usada pelo piloto naturalizado brasileiro na conquista da Indy 500, em 2003. Gil faleceu no fim do ano passado, aos 56 anos, após sofrer uma parada cardíaca. Toda a equipe assinou o capacete de Lando, apoiando a iniciativa. 


Sainz termina segundo dia como piloto mais rápido

Não se pode negar que a quinta-feira já começou com emoção! Foi detectada a existência de um bueiro grande, destampado, na zebra da entrada da curva 11. A Ferrari de Charles Leclerc arrancou a cobertura do buraco e acabou sofrendo um dano pequeno no assoalho. Ele ainda deixou detritos na pista pelos quais Lewis Hamilton passou por cima com sua Mercedes. O incidente causou a primeira bandeira vermelha dos testes, que perdurou por 40 minutos até o encerramento antecipado do treino matinal. A sessão vespertina foi antecipada em uma hora e durou cinco, ao invés de quatro.


pré-temporada 2024
Equipe da F1 repara bueiro que se soltou e danificou assoalho da Ferrari de Charles Leclerc, nos testes da pré-temporada 2024 de F1. Fonte: Rudy Carezzevoli/Getty Images

Com sessão estendida à tarde, a Ferrari voltou e comandou o treino com Carlos Sainz na ponta da classificação geral. Tendo 1m29s921 como sua melhor volta (de pneu macio), o espanhol superou Sergio Perez e Lewis Hamilton. O mexicano, inclusive, foi chamado aos boxes devido a um superaquecimento nos freios do RB20. Perez ainda surgiu lento no último setor da pista em Sakhir, a menos de 31 km/h, conduzindo o carro ao pit lane para verificar problemas na unidade de potência. Apesar dos sustos, ele voltou à pista e conseguiu marcar bons tempos, terminando em segundo e desbancando Hamilton. 


Já o perrengue do dia ficou com a McLaren, que registrou um problema de vazamento de combustível no carro de Norris no fim da sessão vespertina.


Charles Leclerc marca melhor tempo do terceiro dia

pré-temporada 2024
Charles Leclerc guia SF24 da Ferrari na pré-temporada 2024 da F1, no Bahrein. Fonte: Mark Thompson/Getty Images

Antes da Ferrari dominar mais um dia de testes, o problema no bueiro apareceu novamente. Dessa vez quem passou por cima e arrancou a peça foi Sergio Perez, interrompendo a sessão desta sexta-feira por 1h30 (e mais uma bandeira vermelha). Então a FIA suspendeu o horário de almoço e estendeu a duração dos testes vespertinos de quatro horas para sete e meia, além de começar mais cedo: às 5h45 (no horário de Brasília), ao invés das 9h. Bom para o monegasco, que fez o tempo de 1m30s322, superando Max Verstappen e Yuki Tsunoda (sim, a Racing Bulls está mesmo andando bem).


Norris só andou por cerca de uma hora com a McLaren, já que seu carro teve problemas de embreagem que o fizeram encerrar mais cedo a participação na pré-temporada. Logo depois, o britânico cedeu o MCL38 para Oscar Piastri. A equipe foi a primeira a fazer sua troca de pilotos, já que não houve um intervalo oficial.


pré-temporada 2024
Norris encerrou sua participação na pré-temporada mais cedo por conta de problemas na embreagem. Fonte: Getty Images

A volta rápida de Sainz no começo do dia só foi superada por Verstappen após quatro horas. O tempo do holandês, no entanto, foi desbancado por Leclerc, que saiu do quarto lugar e bateu o rival da RBR por 0s3. Os últimos 60 minutos de teste foram menos movimentados, sobretudo na liderança, marcados apenas pela evolução nos tempos de Tsunoda com pneus macios, e George Russell, de médios. Ambos tiraram Piastri da terceira colocação que ele havia garantido após cinco horas de sessão. Foi o segundo dia consecutivo com a Ferrari no topo dos tempos, com George Russell, da Mercedes, e Guanyu Zhou, da Stake (Sauber), em segundo e terceiro, respectivamente.


pré-temporada 2024
Mecânicos da Mercedes ajustam o carro de Lewis Hamilton no dia 2 de testes da pré-temporada. Fonte: Peter Fox/Getty Images

A última sessão da pré-temporada correu sem maiores problemas, com somente uma rápida intervenção da bandeira amarela na curva 1 devido a uma rodada de Pierre Gasly. Nos minutos finais, quando parecia que os pilotos finalmente colocariam os pneus macios para baixarem as marcas, a direção de prova realizou um teste dos sistemas que efetivamente pôs um fim à pré-temporada.


Pré-temporada em números

Durante este período crucial de três dias, as equipes acumularam um total combinado de 3695 voltas, cada uma buscando otimizar suas máquinas e estratégias antes do primeiro grande desafio do ano. Veja abaixo alguns números da pré-temporada da Fórmula 1. 


Voltas completadas

Haas: 441 (239 de Kevin Magnussen)

Ferrari: 416 (224 de Charles Leclerc)

Red Bull: 391 (209 de Max Verstappen)

Stake: 379 (193 de Valtteri Bottas)

Aston Martin: 379 (196 de Lance Stroll)

Racing Bulls: 367 (210 de Daniel Ricciardo)

Mercedes: 361 (189 de George Russell)

Alpine: 334 (193 de Esteban Ocon)

McLaren: 328 (183 de Oscar Piastri)

Williams: 299 (161 de Alex Albon)


Desempenho por motor

Honda: 758 voltas

Mercedes: 1367

Ferrari: 1236

Renault: 334


Melhores tempos - Top 10

1. Carlos Sainz (Ferrari): 1m29s921

2. Charles Leclerc (Ferrari) 1m30s322 (+ 0s401)

3. George Russell (Mercedes): 1m30s368 (+ 0s447)

4. Guanyu Zhou (Stake): 1m30s647 (+ 0s726)

5. Sergio Perez (Red Bull): 1m30s679 (+ 0s758)

5. Max Verstappen (Red Bull): 1m30s755 (+ 0s834)

7. Yuki Tsunoda (Racing Bulls): 1m30s775 (+ 0s854)

8. Alex Albon (Williams): 1m30s984 (+ 1s063)

9. Oscar Piastri (McLaren): 1m31s030 (+ 1s109)

10. Lewis Hamilton (Mercedes): 1m31s066 (+ 1s145)


Destaques ritmo de classificação

- A Red Bull mostrou o melhor ritmo de classificação, 0s22 à frente da Ferrari

- A McLaren aparece como terceira força

- A Racing Bulls pode ser a quinta mais veloz no GP do Bahrein, cerca de 0s12 à frente da Aston Martin

- A Haas ficou 1s3 atrás da Red Bull e 0s19 atrás do segundo time mais lento, a Williams


Destaques de corrida

- A Mercedes está cerca de 0s2 mais veloz que a Ferrari

- Aston Martin e Racing Bulls estão próximas

- A Alpine não conseguiu completar nenhuma simulação de corrida nos três dias de testes


pré-temporada 2024
As equipes acumularam um total combinado de 3695 voltas nos três dias. Fonte: f1.com

Fontes


Comments


Se inscreva para não perder nada!

Seja bem-vinda(o) ao mundo do Mulheres no Paddock! Obrigada por se inscrever!

bottom of page