top of page

GP da Arábia Saudita: saiba tudo sobre a prova e o circuito

Atualizado: 16 de jan.

Todas as informações técnicas, históricas e curiosidades sobre o circuito desse fim de semana


Escrito por Ana Queiroz


O Fórmula1 STC Saudi Arabian Grand Prix 2023 será disputado entre os dias 17 e 19 de março.


Na sexta feira dia 17 teremos os treinos livres 1 e 2 às 10h30 e 14h respectivamente no horário de Brasília (sendo às 16h30 e 20h no horário local) com transmissão pelo BandSports e F1 TV.


No sábado dia 18 teremos o treino livre 3 e a qualificação às 10h30 e 14h também respectivamente no horário de Brasília (16h30 e 20h horário local) com transmissão no BandSports, F1 TV e a qualificação na Band.


E por fim no domingo dia 19 a corrida irá ocorrer às 14h no horário de Brasília (20h horário local) com transmissão na Band e na F1 TV.


GP da Arábia Saudita

O Jeddah Corniche Circuit é um circuito de rua localizado na cidade de Jeddah na Arábia Saudita e possui 6.174 Km, deverá ser percorrido 50x (Voltas) completando assim o total de 308.45 Km rodados em uma corrida. Possui atualmente 27 curvas e 3 zonas de DRS. O recorde de volta mais rápida dentro de uma corrida é de Lewis Hamilton que fez sua volta de 1:30.734 em 2021 e a pole mais rápida pertence ao mesmo que cravou o tempo de 1:27.511 em 2021. A gama de pneus escolhida pela Pirelli para a corrida deste ano é: C2 (duro), C3 (médio) e C4 (macio).


Após as informações gerais do GP da Arábia Saudita, vamos agora conhecer um pouco mais da história do circuito que sedia a 2ª corrida da temporada de 2023 da Fórmula 1.


O Jeddah Corniche Circuit é um circuito de rua temporário (embora tenha algumas seções permanentes), localizado na Corniche - uma área de resort costeira de 30 km da antiga cidade de Jeddah, na Arábia Saudita próximo ao mar vermelho. Projetado pela empresa Tilke (seu fundador o alemão Hermann Tilke), em conjunto com a própria Fórmula 1 – que usou o Google Earth para suas investigações iniciais sobre possíveis layouts.


GP da Arábia Saudita
Fonte: https://motorsport.uol.com.br/f1/news/f1-entenda-como-tilke-fez-jeddah-um-de-seus-projetos-mais-ambiciosos-em-tempo-recorde/6823263/

Ross Brawn, da F1, disse sobre a pista: “O que queremos ver é um circuito de corrida. Não queremos circuitos do Mickey Mouse. Não queremos aqueles velhos circuitos clássicos de rua com curvas de 90 graus. Queremos circuitos rápidos, circuitos que vão desafiar os pilotos – e eles vão adorar”.


O circuito é tido como um dos projetos mais ambiciosos de Tilke uma vez que foi criado e montado em tempo recorde para todos os padrões. Em menos de um ano, o arquiteto de circuitos Carsten Tilke completou o desafio de desenvolver e construir um circuito único de Fórmula 1, em um país onde a principal categoria do automobilismo mundial nunca havia corrido antes - resultado no circuito de rua mais rápido da história.


A firma de arquitetura Tilke foi a responsável pelo desenvolvimento e construção do circuito malaio de Sepang, Yas Marina em Abu Dhabi, o Circuito das Américas nos Estados Unidos e outros. Porém, com o novo circuito de Jeddah, a empresa fundada por Hermann Tilke foi além dos seus próprios limites. Em menos de 12 meses, um local inteiramente novo foi construído na Arábia Saudita.


O Grande Prêmio da Arábia Saudita inaugural ocorreu em 2021 no dia 5 de dezembro, sendo a vigésima primeira etapa do campeonato mundial de Fórmula 1, a corrida se juntou às demais do Oriente Médio em Bahrein e Abu Dhabi – e como essas corridas, o Grande Prêmio da Arábia Saudita também ocorre à noite sob holofotes.


GP da Arábia Saudita
Fonte: https://www.formula1.com/en/latest/article.jeddah-corniche-circuit-announce-track-changes-ahead-of-2023-saudi-arabian.4iSwb5mSelxb07fA5W706f.html

O circuito é rápido. Muito rápido. As velocidades médias no Circuito Jeddah Corniche são de cerca de 250 km/h – mais rápidas do que as de Silverstone, e a segunda mais rápida no calendário de 2021 perdendo apenas para Monza – também conhecida como “O Templo da Velocidade”. É, simplesmente, o circuito de rua mais rápido já visto na Fórmula 1 – enquanto a pista também apresenta o maior número de curvas do calendário com 27, muitas delas curvas rápidas e sinuosas enquanto os pilotos seguem seu caminho ao longo da orla de Jeddah.


Com os seus 6,174 km de comprimento por volta, é um dos maiores traçados da temporada , atrás apenas de Spa-Francorchamps, que tem 7,004 km. Apesar do fato de ser um circuito de rua, estreito e com poucos pontos de ultrapassagem, a categoria afirma que há o potencial para três zonas de DRS (asa móvel), o que pode facilitar as disputas por posições. Após enfrentar vários problemas durante a realização da primeira corrida e ser motivo de críticas, o circuito passou por algumas mudanças para a corrida de 2022.


Com apenas 4 meses de diferença entre as etapas de 2021 e 2022 as mudanças tiveram que acontecer em tempo recorde. Apesar de todos os elogios quanto ao seu layout de alta velocidade, a falta de visibilidade e segurança levaram a necessidade de mudanças na pista, que foram detalhada pelo diretor de provas da FIA, Niels Wittich. No apertado complexo das curvas 2 e 3, onde uma batida levou a uma das bandeiras vermelhas no ano de 2021, as barreiras no lado esquerdo foram recuadas, melhorando a visibilidade. Algo similar foi feito nas curvas 14 e 21, buscando melhorar o campo de visão, enquanto uma superfície mais macia foi colocada nas barreiras, permitindo que os carros possam ir mais ao limite no local. A pista também foi expandida para 12m na curva final, contra os 10,5m de 2021.


Por ser uma pista com apenas 2 anos, indo para o seu terceiro não temos um histórico logo de vitórias e recordes na pista. Em 2021 o seu vencedor foi Lewis Hamilton após ter cravado a pole e além de ter feito a volta mais rápida da prova, seguido por Max Verstappen em segundo e Valtteri Bottas em terceiro.


GP da Arábia Saudita
Fonte: https://ge.globo.com/motor/formula-1/noticia/hamilton-vence-duelo-contra-verstappen-com-batida-e-punicao-na-arabia-saudita.ghtml

Já em 2022 quem ficou no lugar mais alto do pódio foi Max Verstappen após seu companheiro de equipe Sergio Perez ter feito a pole, o segundo lugar ficou com o monegasco Charles Leclerc, que também fez a volta mais rápida da corrida e fechando em terceiro lugar o seu companheiro de equipe, o espanhol Carlos Sainz. E neste terceiro ano nas terras Sauditas, quem será que leva? Mais uma vez Max Verstappen, seu companheiro Sergio Perez ou teremos alguma surpresa com quem sabe Fernando Alonso irá conquistar finalmente a sua 33 vitória após quase 10 anos de sua última ida ao lugar mais alto do pódio.


GP da Arábia Saudita
Fonte: https://www.formula1.com/en/latest/article.leclerc-says-every-race-should-be-like-this-despite-losing-stunning-saudi.1QK9e2wO5Z07eV4iDtNUOc.html

O Grande Prêmio da Arábia Saudita promete um festival ensolarado de Fórmula 1, localizado em um trecho idílico da costa do Reino. A ação na pista é impressionante, à medida que os pilotos se familiarizam com esta rápida pista de rua, enquanto a própria Jeddah ganha vida enquanto a cidade se diverte em sediar o circo de F1.


As velocidades médias ao redor do Jeddah Corniche Circuit são tais que qualquer arquibancada oferece um local de observação espetacular. No entanto, o esplendor gladiador da arquibancada ao redor da curva inclinada da Curva 13 é um local muito especial para os fãs da F1.


Fontes


Opmerkingen


Se inscreva para não perder nada!

Seja bem-vinda(o) ao mundo do Mulheres no Paddock! Obrigada por se inscrever!

bottom of page